CineReforma - Em Defesa de Cristo

CineReforma - Em Defesa de Cristo

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Malaquias 3.10, Sustentáculo do Engodo (ou farsa) Dizimista Evangélico e dos Religiosos




Alguém já parou para meditar realmente o que diz o contexto deste famoso versículo de Malaquias... usado em especial, pelos evangélicos e/ou por religiosos???


Qual evangélico já parou para buscar entendimento e conhecimento da vida deste profeta de Deus, aliás, não importa quem seja ou foi Malaquias, o que importa é o que vocês, evangélicos, querem receber por dar “dízimos”, não é??


São algumas perguntas que, aos evangélicos (ou aqueles que buscam prosperidade) parecem não ter importância, mas, em fundamental, perante as Sagradas Escrituras, permitem que, aos que buscam a Deus em espírito e em verdade, não se confundem com os demais, que se dizem, mas que são frequentadores de templos religiosos e barganhadores...


Malaquias é o tom de ironia evangélico, comparando com a situação atual, encontramos pastores (ou aqueles que desfilam títulos) tosquiando as ovelhas, e, também arrancam o “couro”, menosprezam, pensam que eles são “donos” do rebanho!!!


Infelizmente, muitos crêem na tolice de entregar “dízimos” em qualquer lugar que chamam de "igreja", que seria o correspondente moderno da "Casa do Tesouro";eita ignorância bíblica!!


A Igreja somos nós, e não é necessário dinheiro para nos manter, precisamos sim, é de Cristo para existir!!


Quanto a Malaquias 3.10, é necessário que os financiadores entendam:


- A tal “Casa do tesouro” não era o templo, era um depósito onde se guardavam provisões (provisões não é dinheiro) para os órfãos , viúvas e estrangeiros, e levitas que estivessem de serviço, em turnos;


- Deus nos levantou para repreender aos sacerdotes... “como nos tempos de hoje”, os sacerdotes (ou pastores, bispos e blá, blá, blá) estão retendo os dízimos e não os repassam aos pobres e necessitados...


... aliás, como os sacerdotes do tempo de Malaquias estavam roubando os “dízimos”, os levitas tinham que voltar para suas casas, pois, não tinham como sobreviver; em nosso tempo presente, os “pastores” estão roubando tudo e falando mentiras ao povo que se acha de Deus!!!


Por fim, conclui-se pela Palavra de Deus que os sacerdotes (em Malaquias 3.10) é que estavam roubando a Deus, e os "sacerdotes" (pastores, bispos, apóstolos) modernos transferem esse peso para o povo sob risco de maldição.


Portanto, não seja o tolo da vez, feche a mão para Malaquias 3.10!!!!


Se você acha que estou errado, então releia o contexto de Malaquias 3, ore a Deus buscando entendimento (como fez Daniel), e após, pregue a Verdade que liberta!!!


Deus os abençoe e aos seus ricamente.


Fonte: Jesus, o maior amor


Ví isso no WebEvangelista


***



Americo - O Homem Que Deu Seu Nome Ao Continente





Américo Vespúcio (1454-1512), protagonista dos descobrimentos dos séculos XV XVI, é também considerado um complexo e enigmático personagem dessa história. A despeito da magnitude de suas realizações como cosmógrafo e navegador - exagerada, segundo alguns, por um sagaz instinto de autopromoção -, os documentos de sua trajetória são escassos. Abundam versões apócrifas de cartas e manuscritos, fato que tem contribuído para a mitologia criada em torno do florentino. 'Américo', de Felipe Fernández-Armesto, é uma biografia abrangente do navegador - realizada com base em uma pesquisa quase enciclopédica sobre Vespúcio -, e se propõe a questionar as falácias dos antigos relatos laudatórios ou deletérios sobre o cosmógrafo. 



Apenas R$ 49,00

Adquira clicando aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário