CineReforma - Em Defesa de Cristo

CineReforma - Em Defesa de Cristo

terça-feira, 31 de maio de 2011

Carta às Assembléias de Deus



por Diogo Henrique de Sá


Ao lerem este artigo não quero que saiam da denominação porque o problema não está somente nela, não, o problema é generalizado. Mas te peço ajudemos a mudar está história. Aguardo contato.


Apocalipse capítulos 3 e 4 
“... Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas.”


Ao ler os capítulos 3 e 4 de Apocalipse vejo o que Cristo tem a dizer às igrejas, ou a Igreja. Ao ver Jesus, repetidas vezes (sete para ser mais exato), lembrando a Igreja de que: “quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz” a ela, eu entendo que, apesar de cada uma daquelas mensagens terem um endereço certo, os cristãos de todas as épocas deveriam estar com os dois olhos e ouvidos bem atentos ao que o Espírito Santo disse aquelas Igrejas. 

Quero então analisar algumas falhas no caráter das denominações chamadas: As Assembléias de Deus. Reconheço que, devido à multifuncionalidade e facetas desta instituição, é difícil contemplar – em uma só analise – todas as denominações que se utilizam deste nome, porém posso apontar algumas marcas registradas desta Instituição.


Quero fazer esta análise em forma de uma carta. Como não posso ser pretensioso ao ponto de usar o bom nome de Jesus Cristo em vão, vou escrever uma carta de minha autoria apenas, mas usando como parâmetro a Santa Palavra de Deus. Como eu sei que à medida que eu usar para julgar será utilizada para me julgar, uso a Palavra de Deus, pois sempre sou por ela julgado.

"Aos Anjos da Igreja que se reúnem na Assembléia de Deus escrevo: Isto diz o que é falho, o que é carente da misericórdia, o que é limitado e, portanto, não pode caminhar entre os castiçais. No entanto tenho observado muitas atitudes erradas em ti, e diante da ordem de Cristo a todos os crentes de pregarem o verdadeiro evangelho, e também devido à exortação de Judas 1.3 de batalhar pela Fé, não me atrevo a ficar calado, sendo assim venho até ti e contra ti com duras novas:

Eu conheço tuas obras; que tens nome de que vives, e estás morto. Tenho contra ti que toleras o surgimento de falsos mestres em seu seio, tu toleras Silas Malafaia, que prega um evangelho fajuto e tosco, que tem a petulância de se auto-proclamar “voz profética de Deus”, que se alia a outros falsos-profetas tal qual Morris Cerullo, Mike Murdock e outros, e que tem a coragem de vender a Palavra de Deus por 900 reais e que, em uma atitude de grande amor ao próximo, adquiriu um jatinho por 12 milhões de dólares. 

Toleras também o Jabes de Alencar (que fica dançando como uma gazela junto com Renê Terra Nova no salão da Igreja), toleras Marco Feliciano, que mesmo não estando mais nas Assembléias de Deus e não conseguindo entrar na CGADB continua pregando nos eventos desta Instituição - inclusive na “Meca Pentecostal” em Camburiú. Toleras Marcos Pereira da Silva, toleras Samuel Câmara, Toleras José Wellington Bezerra da Costa e todo os tipo de pregadores bizarros e mentirosos em seu púlpito, que dizem que viram algo da parte de Deus, quando não viram nada; que dizem: “Deus me disse”, quando Senhor está em silencio. 

Tenho ainda contra ti que não estimulas aos seus membros que conheçam a Bíblia, assim sendo, engrossam suas fileiras de crentes mal nutridos que não conseguem distinguir a mão direita da esquerda. 

O que fazes, e muito bem, é consagrar obreiros que nunca leram ou lerão a Bíblia toda sequer uma vez na vida. Assim sendo os membros de sua instituição comem todo e qualquer capim que lhes dão. 

Tenho ainda contra ti que, não atinando para os conselhos bíblicos em Atos 17.11, não estimulas o senso crítico de suas ovelhas, isso em grande parte pela inadequação da maioria de seus 'obreiros', que não conhecem suficientemente bem as Escrituras. Então todo o senso crítico, quando surge, tu logo reprimes com acusações de rebeldia e com a 'liberação' de grandes maldições sobre a vida do crítico. Quando há algum estudo Bíblico entre vós é somente para divagar entre algumas bobagens tais como 'batalhas espirituais' e 'dízimo' quando muito, e raras vezes sobram, para os jovens, um estudo superficial sobre a sexualidade, dizendo que é pecado e pronto. 

Tenho contra ti que não amas a Jesus, isso porque o amor vem com o conhecimento, e sem conhecimento não há amor. Como a maioria de seus membros não sabem nada sobre Jesus, se bem que conhecem o nome dos atacantes de seu time favorito de futebol, e o nome do artista que faz a novela e até o nome dos filhos de sua cantora gospel favorita, mas não sabem nada sobre Jesus. E o que eu digo é verdade, e você sabe disso. Uma vez que se interessas tão pouco por Jesus, como pode dizer, em toda a força da afirmação, que realmente O ama. Pense se o amas verdadeiramente: Quanto tempo investes em oração? E quanto tempo investes com a leitura de Sua Palavra em casa quando ninguém além Dele está olhando? 

Se não gastas tempo com ele, como ousas dizer que O ama? Tenho contra ti que não amas a Jesus nem a correção de sua Palavra e ainda estimulas suas ovelhas a não O amarem também. Pois não há nenhum incentivo sério para que isso ocorra dentro de seus limites. Seus seminários teológicos apresentam uma teologia liberal barata (um lixo para ser exato). Sua Escola Bíblia dominical é uma perda de tempo (converse com os alunos e veja o que eles aprenderam em todos esses anos).

Tenho contra ti ó Assembléias de Deus que permite o surgimento de uma casta sacerdotal impura dentro do seu meio, que não demonstra nenhum amor pelo próximo, antes o oprime ao seu bel prazer querendo se aproveitar das ovelhas lhes retirando a lã, o couro, a carne, o miúdos e ainda queimando os ossos, as unhas e o chifre para fazer farinha. Fazem isso através de subterfúgios chamados ofertas, sacrifícios financeiros, campanhas missionárias, campanhas para comprar terreno, campanhas para construir o templo, campanhas para comprar os microfones das suas sedes (e filiais) e campanhas e mais campanhas, pois a originalidade para extorquir é sem limite. Cabe uma pergunta aí: Os dízimos e ofertas já não são recolhidos para suprir as necessidades da instituição? Então por que precisamos fazer cantina e bazar para comprar os utensílios da denominação? (Acredito ser a moda do governo brasileiro estar lhe influenciando, cobrando de nós várias vezes o mesmo imposto). 

Esta 'liderança eclesiástica' que surgiu no teu seio despreza ao nosso Senhor com atitudes, e ainda dizem: No que desprezamos ao Senhor? Eu respondo: Desprezaram ao Senhor ao confundir ascensão social com ter algum título eclesiástico ou cargo de liderança. Fazendo isso, esses líderes se acham no poder e no direito de requerir algum respeito a mais de seus membros e a se considerarem o supra-sumo vindo dos céus. Esta percepção distorcida tem levado as pessoas a passarem por cima de tudo e de todos, em uma disputa violenta (com precedentes somente no Catolicismo Romano), para se ter um cargozinho. Pois a intenção não é glorificar a Deus, mas sim usurpar para si a Honra e a Glória que a Ele é devida. 

Tenho contra ti que mantens essa casta que trata seus conservos como se fossem pessoas inferiores, sobretudo porque se consideram superiores aos demais irmãos. Tenho contra essa liderança – que tu toleras – que ela se sente no direito de dizer que tipo de roupa o membro deve ou não usar (algo sem precedentes neo-testamentários), se o crente pode ou não namorar, se ele pode ou não ir ao shopping, se ele pode ou não comemorar o Natal (com relação ao Natal existe não pequena controvérsia, mas pra mim não existe nenhuma, pois o dia do Solstício do Invictos Sol foi abandonado e em seu lugar Jesus assumiu a data e o coração das pessoas), vossa liderança, oh Assembléia de Deus, ultrapassou todos os limites permitidos por Jesus em sua Palavra e hoje mais se assemelha com Farisaísmo do que                 com Cristianismo. Estes “sacerdotes” prometem o céu para quem se curva a eles, e o inferno para quem os despreza, numa atitude digna de um Papa.

Tenho contra ti que permitiste que artistas surgissem em seu meio, criando um estrelismo generalizado onde os pregadores, desde a mais tenra idade, já pensam em ser famosos e no futuro quem sabe aparecer na televisão. Da mesma forma que os cantores querem a fama, o sonho de consumo destes é gravar um 'CD'. Quando estes cantores e pregadores se levantam para cantar ou pregar já fazem o 'politicamente correto' para que as pessoas vejam como seu timbre de voz é perfeito, como tem classe, como arrebata os corações dos irmãos. 

Creio pela Palavra de Deus, que Jesus não suporta mais isso; é execrável até para mim, quanto mais a Ele que é o verdadeiro ofendido. Mas tu, de bom grado toleras tudo isso, pois se beneficia disso, já que suas reuniões (ou 'cultos' como chamam), se tornaram mero entretenimento. Estes 'artistas' que permeiam seus limites forjam falso fogo para poderem se manter, cantando e pregando verdadeiras heresias para agradar a turba ingênua. Heresias que colocam o irmão rival na platéia humilhado e você exaltado no palco (local de honra onde Cristo deveria estar), e ainda dizem que isso tem sabor de Mel. Parem!!! Não suporto mais isso!

Tenho ainda contra ti que toleras o culto aos anjos e, mesmo que negue essa prática, ela é real dentro de seus templos, já que seus pastores e pregadores evocam, em seus 'cultos', legiões e mais legiões da hoste celestial e quando alguém confirma que viu ou sentiu algum anjo, vocês entram em êxtase. Ainda muitos de vocês exigem a presença do Arcanjo Miguel ao seu lado, desdenhando a pessoa bendita de Jesus e do Espírito Santo, já que dizer que Jesus está na reunião não causa tanto estardalhaço do que afirmar que tem um anjo ali. Tenho contra ti que não só permite esse procedimento, como seus pregadores o estimulam, já que são eles os que mais vêem e pedem o auxílio dos seres Angelicais.

Tenho ainda contra ti que forjas fogo estranho em seus cultos, já que a Palavra não é o centro de suas pregações. Precisam desse fogo estranho porque seus pregadores não tem mensagem bíblica para oferecer, uma vez que não conhecem verdadeiramente a Palavra de Deus. 

Tens, então, permitido todo o tipo de antropocentrismo, hedonismo e irracionalidades dentro de seus limites. Seu solo se tornou terreno fértil para todo o tipo de esquisitices, tal como intenso falso profetismo, intenso falso curandeirismo, intensa falsa visagem e intenso falso conversionismo. Pois seus profetizadores dizem que Deus falou, quando Deus nada disse; dizem que Jesus vai curar naquela noite, quando ninguém sai curado; dizem que viram algo da parte de Deus, quando Deus não lhes mostrou nada. Tudo isso arranca gritos eufóricos da multidão, e pessoas vem para frente para se 'converter', mas a Palavra não foi pregada, e então aquelas decisões duram pouco e não há conversão genuína. 

Estes 'convencidos' quando não saem da denominação continuam dentro dela, mas nunca chegam ao conhecimento da verdade pois milagres não produzem fé (vimos isso durante a travessia de Israel pelo deserto), mas a Palavra de Deus produz no homem o desejo de ouvi-la, e o ouvir a Palavra produz fé. Vós falais tanto em avivamento mas não vemos frutos de avivamento em ti, o que há em vos é muito barulho, e barulho é barulho! Não é avivamento (um amigo me disse certa vez e com muita propriedade: “lata vazia faz mais barulho e facilmente é levada por qualquer vento”). 

Avivamento muda as estruturas da pessoa, o que vejo em ti, no entanto, é uma mensagem que mais tem contribuído para manter o velho homem (com suas mazelas) vivo dentro do crente. Suas mensagens prometem riquezas e vida fácil nesta terra, algo que Cristo nunca prometeu. Todos os apóstolos entraram na glória passando por muitas privações.

Tenho contra ti que se corrompeste com a política e apóias candidatos corruptos para se beneficiar. Tenho contra ti que volta e meia, estás envolvida em escândalos de sonegação de impostos e todo o tipo de falta de ética. Tenho contra ti que burlas as leis construindo seus prédios em áreas proibidas, pois se acha acima da lei. E ainda defende os que assim precedem.

Tenho contra ti que mercantilizas o Povo de Cristo, pois considera o povo como seu patrimônio pessoal. Vendendo os prédios, os bancos, a aparelhagem e os membros por milhões, como se patrimônio seu fossem. Como se fosse você que tivesse morrido por eles na Cruz. Perdeste o foco, e pensas somente em enriquecer usando o bom nome do Senhor.

Tenho contra ti que mercantilizaste a fé vendendo as bênçãos por dinheiro, algo muito parecido com a venda de indulgências. Através de sua casa publicadora tu vendes todo o tipo de lixo para suas ovelhas, pensando somente no lucro (é o caso recente da Publicação da Bíblia de Estudo Dake; posso citar ainda a Teologia Sistemática de Charles Finey, um pregador Pelagiano). 

Tenho contra ti que tratas levianamente com o pecado. O que é pecado vós dizeis que não é, e o que não é pecado, vós dizeis que é. Vós tratais de forma ríspida com os pecados de ordem sexual (e fazem bem assim) colocando em disciplina o transgressor, mas não tomam nenhuma atitude com aqueles que tem seus nomes sujos por comprarem e não pagarem. Nem por estarem envolvidos em fofoca, nem por difamarem seus irmãos e nem por usarem levianamente o Bom nome de Cristo. 

Tenho contra ti que dizes: estou abastado e de nada tenho falta, e não vês que és um pobre, cego e nú. Estás cego pelo poder que adquiriste. Tenho contra ti que fazes campanhas e mais campanhas para arrancar dinheiro dos incautos para atender a sua vaidade, mas não move uma pena para desembolsar ajuda aos necessitados. Vossos líderes constroem enormes catedrais com local para pouso de helicópteros, mas não tem o amor suficiente para ajudar o Haiti. Onde está o amor? Onde está o amor ao próximo? Seu deus é o ventre, você só olha para seu umbigo. Hipócritas malditos, isso não passará despercebido pelo Senhor! O lugar de vocês é o lago de fogo onde há pranto e ranger de dentes.

Suas convenções (estadual e geral) se tornaram um covil de vendilhões que se reúnem para tratar de assuntos triviais, e para se gabarem do tamanho do seu ministério, de quantos membros possuem, e quanto dinheiro arrecadam. Não fazem nada pelo Reino de Deus, antes procuram mais e mais poder entre os homens, buscando edificar seus reinos particulares.

Teria ainda muito mais acusações para fazer, mas quero te dizer: arrependa-te! Olha onde caíste e retorna para Cristo. Volte às primeiras obras, compre de Jesus ouro refinado no fogo, para tapar suas vergonhas. Vocês fazem muitas obras, mas não amam a Jesus, abandonaram o primeiro amor e já não restou amor algum. Volte-se pra Deus, volte-se para sua palavra. Ponha sua boca no pó, talvez assim haja esperança."

Diante disso só peço:

Jesus tenha misericórdia de nós. Muda as nossas vidas. Precisamos de uma mudança de atitudes urgente.

Jesus eu te adoro! A ti oh Deus seja a Glória e a Honra e o Domínio pelos séculos dos séculos.


postado originalmente em Semeando a Verdade



Comentário do ReformaAgora: concordo em gênero, número e grau! A reflexão do Diogo pondéra fatos e situações constrangedoras até mesmo para quem não pertence a essa denominação. E como ele, deixo também meu manifesto - Oh, Assembléia de Deus, volte ao evangelho; abandone esse legalismo inútil; retire a liderança tirana e ditadora dos púlpitos, que chefia a denominação com punhos de ferro; ensine a Palavra de Deus aos membros; coloque os jovens nas ruas e praças para evangelizar; eleja líderes de ficha-limpa, que não têem rabo preso com corrupção política; nomeie pastores que admitam ser contrariados quando estão errados, líderes que ouçam seus liderados; leve o evangelho de Cristo ao pecadores, em vez de ficar aguardando pecadores vir ao templo...

Tenho muito mais a comentar, mas por enquanto, acho que isso basta. Por enquanto!







***

Um comentário:

  1. Concordo com as insatisfações do Diogo Henrique de Sá e comentários do Reforma Agora, mas, quero como cristão ir um pouco mais além e aproveitando minha experiência de arquiteto tentar ilustrar o que quero dizer. Se você me contrata para fazer um avião e eu lhe apresento um maravilhoso transatlântico, mesmo que você fique maravilhado com ele e durante anos faça esplêndidas viagens internacionais, quando acabar o encanto e você me questionar que, na realidade, inicialmente você queria voar, não adianta, apesar do exuberante projeto que lhe entreguei, pedir para que eu o reforme agora para poder alçar voo.
    A Igreja fundada pelo Nosso Senhor Jesus Cristo é uma coisa e as instituições fundadas por homens são outra coisa. A primeira é inabalável e será resgatada por Jesus. A segunda já está sendo assolada. Jesus é radical. Quando Jesus descreve em Apocalipse 17 a igreja (com i minúsculo) apóstata, vestida de púrpura e escarlate (igreja romanista), Ele aponta no versículo 5 que ela é mãe das prostitutas. A mãe igreja gera filhas igrejas (hoje temos só no Brasil mais de 40 mil igrejas/instituições feitas e comandadas por homens). Rebobinando a história de todas as igrejas evangélicas se chega ao útero ( não lembra Lutero?) da católica.
    Jesus não manda reformá-las. Em Apocalipse 18.4 ele diz o que devemos fazer: ¨Saiam dela, vocês, povo meu, para que não participem dos seus pecados, para que as pragas que vão cair sobre ela não os atinjam¨. É inútil tentar mudar qualquer instituição feita por homens, quer sejam religiosas, políticas etc. Ficar no plano de voo no avião de Jesus, apesar da turbulências, é o correto. Tentar reformar um navio que ele não mandou construir é desgastante e insano.
    As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; (João 10:27)
    Orestes

    ResponderExcluir