CineReforma - Em Defesa de Cristo

CineReforma - Em Defesa de Cristo

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011


por Diogo Henrique de Sá



“Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos darão; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.”(Lc 6:38).


A passagem acima é usada indiscriminadamente pelos defensores da Teologia da Prosperidade para induzir o crente a contribuir esperando a retribuição divina. Mas será que Jesus está realmente afirmando que, quem contribui com uma denominação ou ministério, terá um retorno financeiro de Deus?

Para respondermos esta pergunta, precisamos analisar todo o chamado Sermão do Monte, afinal de contas a Bíblia não foi escrita em versículos e capítulos. É ignorado por muitos que não se faz teologia de um versículo só, afinal a Bíblia é composta por mais de trinta e um mil versículos. É necessário, desta forma, uma boa exegese para entendermos completamente um texto. Ao fazermos a análise do verso chegamos a uma conclusão que contraria a interpretação “prosperizadora” pregada por alguns. Senão vejamos:

Em primeiro lugar precisamos entender que no Sermão do Monte Jesus está apresentando o perfil do cidadão do Céu. Cristo está declarando a expectativa de Deus para o homem, afinal de contas é um Sermão pregado pelo próprio Deus. Jesus deixa claro que aquelas orientações não poderiam ser cumpridas por qualquer pessoa, aquele sermão foi pregado para pessoas que viveriam a vida de tal forma a seguirem seus próprios passos, ou seja as “boas árvores” (Luc. 6:34).

Percebemos, no verso em análise, que em nenhum momento Jesus está falando que o seus discipulos deveriam contribuir com a “obra de Deus” (não estou condenando a contribuição da Igreja, só estou analisando este texto). Jesus não está falando do dízimo e ofertas, Ele está falando em ajudar os pobres, pois a partir do verso 27, Jesus está falando exclusivamente sobre os relacionamentos interpessoais, nos versículos 40 e 41 Ele chega a afirmar que os discipulos deveriam seguir seu exemplo de altruismo, pois, se Cristo é o mestre afinal, nós precisamos agir como ele agia.

Pastores como Silas Malafaia por exemplo, ensinam que devemos dar esperando o retorno, mas será que é isto que Jesus está falando? Se observarmos o verso 34, veremos Jesus condenando o fato de esperarmos qualquer retorno por parte das pessoas por nós favorecidas. Devemos dar por amor, e não pelo que iremos receber em troca. No entanto o Mestre prometeu que seremos recompensados com uma medida “sacudida e transbordante”. Mas se seremos recompensados quando isso acontecerá? A resposta é simples: Aqueles que fazem caridade para o necessitado receberão a recompensa no mesmo dia em que aquele que ama a justiça será farto dela (Mat. 5:6); no mesmo dia em que os limpos de coração verão a Deus (Mat. 5:8); no mesmo dia em que os que choram haverão de rir (Luc. 6:21); e no mesmo dia ainda que os que sofrem perseguição por causa do amor de Cristo receberão seu galardão (Luc. 6:23). Em nenhum momento do sermão é sugerido que receberemos qualquer coisa nesta vida.

Ser generoso para com o necessitado é um fruto produzido pela boa árvore (Luc. 6:44,45) se somos cristãos verdadeiros essa atitude brota naturalmente de nosso ser. Se esperarmos o retorno ao fazermos qualquer coisa não somos cristãos mas espíritas, pois estes fazem sempre aguardando a recompensa. Não podemos também fazer por medo de retaliação porque isso é espiritismo. Nós somos cristãos fazemos o que fazemos porque a Graça de Deus nos capacita a agir assim naturalmente.

Dessa forma ao aplicar as normas da exegese veremos que no próprio “Sermão do Monte” derrubamos a falácia dos pregadres da prosperidade. Se você teme a Deus, ama a justiça, é misericordioso, é generoso, e foi lavado no Sangue do Cordeiro, esteja certo: “Grande é o vosso galardão no Céu!”

A Jesus Cristo seja a Glória para Sempre!


postado originalmente em Semeando a Verdade pelo Diogo, que está me acusando de ser calvirminiano. Que coisa, eihn! hehe

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Não Consigo Parar de Rir (26)



Veja o video





***

"Um Elefante Incomoda Muita Gente"



por Rodrigo Toledo

Hoje foi um dia como outro qualquer - às vezes, tenho a impressão de que os dias são sempre iguais. O sofá estava afastado da parede e, introvertidamente, deitei no chão entre o sofá e a parede. Fechei os olhos e... resolvi bater um papo com o meu passado. Foi uma conversa árida, sombria, sem sabor, sem cor, dolorida.


Meu passado lançou-me na face coisas que fiz - das quais não me orgulho nem um pouco -, pessoas que decepcionei; gente que deixei de ajudar. Não consegui ser um bom filho para meus pais; destruí a paz de minha família. Fui um péssimo aluno no ensino fundamental... desvarios de um ser humano tentando ser normal!


Devolvi a afronta. Coloquei o dedo na cara do "meu passado", apontando-lhe uma lista de fatos rudes que me marcaram e que me influenciam até hoje: poucas pessoas gostavam de mim por causa da minha aparência (oras, nunca fiz sucesso com as meninas); meus tios debochavam de mim; minha mãe me batia por não entender que a culpa de não conseguir aprender era da dislexia; estudei em escolas de nível educacional questionável; por culpa da anemia, mamãe me encheu de "suco" de fígado de boi, além das incontáveis mamadeiras com leite e farinha láctea (o que resultou num garoto BEM REDONDINHO).


Ah, e falando nisso... que coisa, einh?! O garoto redondinho cresceu, comendo feito um demônio-da-tazmânia, tornando-se num adolescente obeso, retraído, cheio de complexos e irritado por não conseguir achar tamanho de calça suficientemente grande. Uma época de poucas amizades e muitas revoltas... muitas! Revoltado com a sociedade, com o governo, com a superficialidade das pessoas, com a falta de recursos, etc. Por vezes tinha vontade de morrer.


Quando lembro desses tempos, quero tão somente me afastar de pessoas. Dá uma vontade de fazer cara-feia, cruzar o braços e gritar "Afastem-se, tenho lepra!"


É, eu sei! Solidão nunca resolveu nada. Racionalmente tento evitá-la. Solidão não passa de uma armadilha funda, escura e fria. Mas, ao mesmo tempo, é tão difícil pra mim entender os humanos, criaturas nascidas sem nenhuma glória, em meio a fezes, sangue e dores, num pedaço de pano que chamamos por lençol.


Oh, quão miserável e hipócrita eu sou! Tão cheio de defeitos quanto qualquer outro...


Não quero mais conversar com meu passado. Saí daquele diálogo mancando e sangrando. Abrí meus olhos, a ainda estava lá, atrás do sofá, ridiculamente deitado no chão feito criança tristonha.


Ainda sou o mesmo. Cheio de defeitos, meio-revoltado, obeso, complexado e grisalhamente um pouco mais velho. Minha aparência continua não agradando a maioria. Para mim é comum observar as pessoas ocupando todos os lugares do ônibus, menos aquele que está ao meu lado. Afinal, "um elefante incomoda muita gente", não é mesmo?


Quem sabe eu emagreça pra me vingar do "meu passado". Talvez eu decepcione menos, e ajude mais. Isso sim é um bom pensamento! Essa é a parte da história que me arranca sorrisos.




"Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.


Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.


Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra.


Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos.


Bem aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia.


Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus.


Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus."




Sermão da Montanha, por Jesus Cristo. Mateus, cap. 5.




***

Luiz Gama - O Advogado dos Escravos

A obra 'O Advogado dos Escravos - Luiz Gama' resgata a figura de Luiz Gama, ex-escravo que veio menino da Bahia e que se tornou um grande tribuno do júri na defesa gratuita de escravos. O autor analisa suas ações de luta pela liberdade - legitimada nos campos político, jornalístico e jurídico, com destaque para sua condição de advogado dos escravos.

Apenas R$ 39,90











.

Testemunho de Brian Head, ex-Korn




Veja o vídeo





***




O Jovem Stalin
Esta biografia sobre a juventude do ditador soviético traz à tona elementos fundamentais para entender a natureza paranóica e a frieza do regime de terror stalinista.

Apenas R$ 59,50















***

Como Transformar Sua Igreja em Um Império



Por Paulo C. S. Santos



1. Endureça o coração. Seja indiferente com apelos de mães, padres, bispos, missionários e pastores em crise ou dificuldades. O sofrimento deles não é problema seu.


2. Seja obstinado. Não deixe ministros, profetas, amigos, colegas, ou qualquer outro a convencê-lo a desistir do seu império.


3. Priorize as coisas. Entre coisas e pessoas fique com as coisas.


4. Valorize os números. Não importa quem saiu ou quem entrou, o importante é o saldo.


5. Fale as massas. Não perca tempo com indivíduos, fale a auditórios, trabalhe no atacado.


6. Ignore críticas. Mantenha-se surdo quando for criticado, faça ouvido de mercador, rotule os críticos como invejosos.


7. Esconda vulnerabilidades. Convença a todos que tanto você como sua instituiçao não tem problemas, convença aos outros que você não se irrita, que não perde a paciência e que tem tudo sobre controle.


8. Ridicularize os reflexivos. Faça pouco caso de intelectuais, pessoas que estudam e os que são capazes de análises profundas, de modo geral eles são pouco influentes com as massas.


9. Dissimule suas intenções. Nunca, nunca, nunca mesmo deixe os outros descobrirem as suas verdadeiras intenções de formar o seu império eclesiástico. A sua carteira de clientes você chamará de ovelhas, a sua mão de obra barata, você chamará de voluntários, os seus empregados você denominará vocacionados. O que importa é a aparência.


10. Domine a linguagem religiosa. Conheça, use e abuse da linguagem religiosa e dos jargões religiosos.


11. Ofereça entretenimento. Mantenha o povo devidamente entretido com programas que enchem os seus olhos e impressionam os seus sentidos. A música ajuda demais.


12. Mantenha o controle. Sob hipótese alguma permita que o poder que você exerce seja dividido com qualquer pessoa. Não participe de associações, alianças ou entidades que você não possa dar a última palavra. Quanto menos pessoas acessarem os balanços menos problema você terá na sua escalada de poder.


13. Cerque-se de limitados. Observe sua equipe, cuide para que somente você brilhe, verifique que a sua equipe é composta de pessoas medíocres e que nunca o ameaçarão.


14. Invista na estrutura. As paredes e os equipamentos valem mais do que os valores, o conforto impressiona mais do que o cuidado. Entre estrutura e pastoreio as pessoas escolherão estrutura.


15. Atente-se para as necessidades. Observe as necessidades do povo e então ofereça o que eles querem, mesmo que você não seja capaz de entregar ofereça. terá se passado muito tempo entre o momento em que eles aderirem e o dia em que descobrirem que você não tem o produto, nesse período o seu império estará consolidado.


16. Seja místico. O misticismo é vital para atrair pessoas desesperadas e inseguras, ele é capaz de escravizar e cegar. Depois de anos de escravidão no misticismo a libertação é quase improvável e às vezes impossível.


17. Aparente ética. Faça com que todos acreditem que você é uma ilha de ética em um mar de iniqüidade. Abuse do discurso ético, mesmo que suas práticas não sejam condizentes. Discursos éticos impressionam e são fáceis de serem feitos.


18. Ria e chore. O sorriso convence as pessoas que você é simpático, o chore convence que você é sensível. Você não deve ser nada disso, contudo as pessoas devem pensar que é.


19. Opte pelos ricos. Não adiante você ter muita gente sobre seu controle se essas pessoas não tem dinheiro no bolso.


20. Evite aproximações. Mantenha uma distancia segura entre você e seus liderados, suas relações devem ser profissionais. Lembre-se imperadores não tem amigos, apenas súditos.


21. O mais importante. Manipule, a massa gosta e não se importa, mesmo que você um dia seja descoberto ainda existirão muitos a sua volta, o suficiente para manter a igreja-império por muitos anos e ainda garantir que seu filho, ou genro herde esse empreendimento.




É possível que agindo assim você terá em meia década algumas centenas ou mesmo milhares de prosélitos, contribuintes alem do mais importante pessoas que não se cansarão de massagear seu ego, afinal é para isso que servem os Impérios, ainda que os chamemos de igrejas.


postado originalmente em Pense Cristo



***




Comentário do ReformaAgora: infelizmente, tem muito pastor por aí achando que igreja é império. Até onde eu sei, Jesus nunca se proclamou imperador, e sim, Rei. Até onde eu sei, Jesus nunca fundou um império, e sim, um Reino. Pronto, falei!






A Historia De Eva
Neste livro, Eva Schloss narra a história de como sobreviveu a um campo de concentração nazista na Polônia. Em 1944, Eva, com apenas 15 anos, é capturada em Amsterdã e levada com a mãe para um campo perto de Auschwitz. Ambas são submetidas a condições desumanas de vida e quase sucumbem à morte em diversos momentos. Terminada a guerra, elas descobrem que o resto da família foi assassinado, e a mãe de Eva casa-se com Otto, pai de Anne Frank. 

Apenas R$ 39,90











.

Vou Convidar Esse Cara Pra Pregar Na Minha Igreja




Veja o vídeo









Foto-Comentário do ReformaAgora:





















***


Filho Do Hamas

'Filho do Hamas' é o relato do caminho inesperado que o autor resolve seguir ao questionar o sentido de um conflito que só traz sofrimento para os inocentes, sejam eles palestinos ou israelenses. No livro, ele revela como se tornou espião do Shin Bet, narra passagens da vida dupla que levou e fala das escolhas que fez para conter a violência de uma das organizações terroristas mais perigosas do mundo.

Apenas R$ 29,90











.

Malaquias 3.10, Sustentáculo do Engodo (ou farsa) Dizimista Evangélico e dos Religiosos




Alguém já parou para meditar realmente o que diz o contexto deste famoso versículo de Malaquias... usado em especial, pelos evangélicos e/ou por religiosos???


Qual evangélico já parou para buscar entendimento e conhecimento da vida deste profeta de Deus, aliás, não importa quem seja ou foi Malaquias, o que importa é o que vocês, evangélicos, querem receber por dar “dízimos”, não é??


São algumas perguntas que, aos evangélicos (ou aqueles que buscam prosperidade) parecem não ter importância, mas, em fundamental, perante as Sagradas Escrituras, permitem que, aos que buscam a Deus em espírito e em verdade, não se confundem com os demais, que se dizem, mas que são frequentadores de templos religiosos e barganhadores...


Malaquias é o tom de ironia evangélico, comparando com a situação atual, encontramos pastores (ou aqueles que desfilam títulos) tosquiando as ovelhas, e, também arrancam o “couro”, menosprezam, pensam que eles são “donos” do rebanho!!!


Infelizmente, muitos crêem na tolice de entregar “dízimos” em qualquer lugar que chamam de "igreja", que seria o correspondente moderno da "Casa do Tesouro";eita ignorância bíblica!!


A Igreja somos nós, e não é necessário dinheiro para nos manter, precisamos sim, é de Cristo para existir!!


Quanto a Malaquias 3.10, é necessário que os financiadores entendam:


- A tal “Casa do tesouro” não era o templo, era um depósito onde se guardavam provisões (provisões não é dinheiro) para os órfãos , viúvas e estrangeiros, e levitas que estivessem de serviço, em turnos;


- Deus nos levantou para repreender aos sacerdotes... “como nos tempos de hoje”, os sacerdotes (ou pastores, bispos e blá, blá, blá) estão retendo os dízimos e não os repassam aos pobres e necessitados...


... aliás, como os sacerdotes do tempo de Malaquias estavam roubando os “dízimos”, os levitas tinham que voltar para suas casas, pois, não tinham como sobreviver; em nosso tempo presente, os “pastores” estão roubando tudo e falando mentiras ao povo que se acha de Deus!!!


Por fim, conclui-se pela Palavra de Deus que os sacerdotes (em Malaquias 3.10) é que estavam roubando a Deus, e os "sacerdotes" (pastores, bispos, apóstolos) modernos transferem esse peso para o povo sob risco de maldição.


Portanto, não seja o tolo da vez, feche a mão para Malaquias 3.10!!!!


Se você acha que estou errado, então releia o contexto de Malaquias 3, ore a Deus buscando entendimento (como fez Daniel), e após, pregue a Verdade que liberta!!!


Deus os abençoe e aos seus ricamente.


Fonte: Jesus, o maior amor


Ví isso no WebEvangelista


***



Americo - O Homem Que Deu Seu Nome Ao Continente





Américo Vespúcio (1454-1512), protagonista dos descobrimentos dos séculos XV XVI, é também considerado um complexo e enigmático personagem dessa história. A despeito da magnitude de suas realizações como cosmógrafo e navegador - exagerada, segundo alguns, por um sagaz instinto de autopromoção -, os documentos de sua trajetória são escassos. Abundam versões apócrifas de cartas e manuscritos, fato que tem contribuído para a mitologia criada em torno do florentino. 'Américo', de Felipe Fernández-Armesto, é uma biografia abrangente do navegador - realizada com base em uma pesquisa quase enciclopédica sobre Vespúcio -, e se propõe a questionar as falácias dos antigos relatos laudatórios ou deletérios sobre o cosmógrafo. 



Apenas R$ 49,00

Adquira clicando aqui

Não Consigo Parar de Rir (25)





Marcha ai exu gostosinho! from Genizah on Vimeo.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Heróis da Fé ou derrotados?




Em choque. Choro contido... peito doendo... semi-depressivo.

Quantas vezes preguei sobre isso, li sobre o tema... mas... sabem aquela história de que imagens falam mais que palavras? Pois é...







De que trata o vídeo? Da fé mais vitoriosa que existe: A fé que vence a prova e conduz à glorificação. Da fé bíblica, que não é apenas possibilidade de ter, mas também a capacidade de não ter. A fé que tudo possui, mesmo sem nada possuir.

Depois de tudo, fica a pergunta: Como os profetas da prosperidade de hoje classificariam esses cristãos primitivos?


***

Verdades Sobre o 11 de Setembro




Vi essa entrevista e fiquei meio abalado. Primeiro, pela história da dominação econômica; segundo, pelo 11 de setembro. Aaron Russo foi candidato ao governo de nevada com 30% dos votos do partido republicano, mais tarde mudou para os democratas, foi diretor de cinema em Hollywood e fez vários documentários denunciando o NAFTA (Mad in Hell) e outros. Ele descortina aqui o que ouviu de Nicholas Rockefeller 11 meses antes do atentado de 11 de setembro. Aaron morreu de câncer de bexiga. Sua entrevista tem 70 min de verdades aterrorizantes. Ele era amigo de Nick Rockefeller, membro de uma das famílias mais poderosas dos EUA e do mundo.







***

domingo, 16 de janeiro de 2011

Evangélicos Fazem a Diferença no Momento da Tragédia, Afirma Jornal



"Silas Malafaia vende seu avião e compra mantimentos para as vítimas da tragédia na Serra do Rio de Janeiro" 


"Bancada evangélica ameaça trancar a pauta de votação do congresso até que sejam tomadas medidas definitivas para evitar outras tragédias como esta" 


"RR Soares reverte as receitas dos carnês de patrocinadores para os desabrigados das tragédias"


"Apóstolo Estevam e Bispa Sônia desviam a Marcha para Jesus para a Serra Fluminense e a renomeiam "Marcha Por Jesus!", uma multidão a serviço da vontade do Senhor Jesus junto ao seu povo sofrido" 


"Bola de Neve TV não passa campeonato de surf ou skate sábado a noite para divulgar locais de doações e voluntariado para atuar na serra fluminense"


"Valdemiro Santiago coloca seus dois helicópteros a disposição das equipes de resgate e sai a campo com seus bispos para levar seus estoques de água 100% Jesus às vitimas" 



"Edir Macedo, mesmo não sendo cristão, desiste da construção de seu templo de Salomão e doa o material de construção para o reparo dos que perderam tudo"


"Rene Terra Nova faz um ato profético em favor das vítimas: Vai ao banco e transfere o dinheiro arrecadado para a Festa dos Tabernáculos para a conta da Cruz Vermelha, para que esta compre tendas e alimentos para os desabrigados"


"Bispo Rodovalho troca as emendas que fez para festas no Ministério do Turismo por verbas emergenciais para os desabrigados" 


"Ana Paula Valadão recebe uma revelação de que há um tripé sobre a Serra do Rio de solidariedade, amor ao próximo e humildade e decide realizar três shows com renda revertida aos desabrigados" 

Ah, vá! Não me diga que você acreditou?!


É o primeiro-de-abril em janeiro... hehe.

Oremos para que um dia, ao menos uma ou duas destas manchetes não soem como piada ou provocação, mas como coisa natural entre o povo de Deus. 

postado originalmente em: GenizahVirtual



Comentário do ReformaAgora: sarcasmos a parte, vamos voltar a realidade. Acho muito difícil alguma dessas manchetes acima acontecer. E se acontecer, sabemos que não será por amor ao próximo ou ao Reino de Deus, mas sim, por puro merchandising.

Pronto, falei!

sábado, 15 de janeiro de 2011

Testemunho Emocionante










***

A Teologia da Lama



Teólogos discutem as causas da tragédia na Região Serrana

Por Hermes C. Fernandes





Uma reunião emergencial é convocada pelo conselho de teólogos da cidade. Teólogos de diversas correntes se reunem para debater as causas espirituais da tragédia que atingiu a região serrana do Rio, provocando a morte de centenas de pessoas. Um deles toma a palavra e afirma com convicção:


- Meu caros colegas, a razão pela qual sobreveio tão grande mal sobre elas é que estas cidades foram fundadas por um imperador promíscuo. Só há uma maneira de quebrar esta maldição: façamos um ato profético de troca de nome e refundação de Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo. Sugiro que passem a chamar-se respectivamente, Igrejópolis, Cristópolis e Nova Jerusalém, e que sobrevoemos cada uma delas derramando vasos de unção vinda de Israel.


Percebendo o clima de rejeição provocado por sua proposta, o tal teólogo preferiu pedir licença e deixar a conferência, levando consigo uns três ou quatro companheiros.


Depois de alguns murmurinhos, outro teólogo se levanta e com voz impostada diz:


- Senhores, tudo isso é apenas prenúncio do fim do mundo. Nada há que possamos fazer para reverter isso. As coisas vão ficar cada vez pior, até que Jesus volte para nos remover deste mundo e entregá-lo de vez ao diabo.


Sua palavra foi interrompida por aplausos. Esta parecia a melhor resposta a ser dada para tentar explicar a situação, e com isso, impedir que sua cátedra fosse desacreditada.


Fazendo sinal de silêncio, outro teólogo toma a palavra e afirma como que sussurrando:


- Meus nobres companheiros, Deus não tem nada a ver com isso. Ele está tão surpreendido com a tragédia quanto cada um de nós. Ele até poderia ter evitado se tão somente tivesse conhecimento prévio dela. Mas vocês sabem… Ele só conhece o que se pode conhecer. O futuro lhe é um incógnita. Por isso, não o responsabilizemos por isso.


Seu discurso foi interrompido por outro teólogo, que vociferava:


- Quanta bobagem! Deus é Soberano! Ele mesmo provocou tudo isso! E quem somos nós para discutir sobre Seus desígnios! Estas cidades estão sob o juízo divino. Assim como todo o Estado do Rio de Janeiro, com sua prostituição infantil, seus carnavais, suas oferendas a Iemanjá e sua corrupção política e policial.


O clima esquentou na reunião. Ninguém conseguia entender o que o outro dizia. Uns gritavam: É o fim do mundo! O outro: Jesus está voltando!


De repente, entra na sala outro teólogo com sua roupa imunda de lama. Todos se calam pra saber o que se passou e qual a posição daquele colega atrasado.


Com a voz rouca e embargada, o teólogo se desculpa:


- Queridos, perdoem-me o atraso. É que eu estava ajudando a socorrer as vítimas. Não tive tempo nem de banhar-me para a reunião.


- E qual sua posição acerca desta tragédia? perguntou o que presidia a mesa.


Pelo que respondeu:


- Nada tenho a declarar. 


Depois de alguns segundos de silêncio, ele completou:


- Estou liberado? Posso retornar ao meu trabalho?

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Judeus Paraguaios da Quadrangular



Veja o vídeo



Judeus paraguaios da Quadrangular from Genizah on Vimeo.



É impressão minha, ou ela disse mesmo "... nós estamos reverenciando, não é uma simples arca, mas é a presença do        Senhor ..."???


Genteee! Esse pessoal viajando na maionalga!



***

Esse Eu Quero Assistir!!!




Veja o vídeo






***

domingo, 9 de janeiro de 2011

Prova Documental Sobre o DVD Gay nas Escolas





IRMÃOS, no meu post anterior, denunciei o absurdo que é o Kit "Escola Sem Homofobia" que o MEC distribuirá neste ano nas escolas brasileiras.

A repercussão foi grande, inclusive com a crítica de Nildo Correia
presidente do Grupo Gay de Alagoas - GGAL (ver comentário e minha resposta). 

Ainda dentro desse assunto, veja abaixo o vídeo que encontrei que é uma prova documental do assunto. Isso é importante para não parecer que é um factóide (boato) evangélico.










Foto-Comentário do ReformaAgora:



















postado originalmente em: http://jamiersonoliveira.blogspot.com/2011/01/prova-documental-sobre-o-dvd-gay-nas.html







***