CineReforma - Em Defesa de Cristo

CineReforma - Em Defesa de Cristo

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Devemos Esperar Retorno Financeiro ao Devolver o Dízimo?



por Diogo Henrique de Sá

“Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos darão; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.”(Lc 6:38).

A passagem acima é usada indiscriminadamente pelos defensores da Teologia da Prosperidade para induzir o crente a contribuir esperando a retribuição divina. Mas será que Jesus está realmente afirma que, quem contribui com uma denominação ou ministério, terá um retorno financeiro de Deus?

Para respondermos esta pergunta, precisamos analisar todo o chamado Sermão do Monte, afinal de contas a Bíblia não foi escrita em versículos e capítulos. É ignorado por muitos que não se faz teologia de um versículo só, afinal a Bíblia é composta por mais de trinta e um mil versículos. É necessário desta forma uma boa exegese para entendermos completamente um texto. Ao fazermos a análise do verso chegamos a uma conclusão que contraria a interpretação “prosperizadora” pregada por alguns. Senão vejamos:

Em primeira lugar precisamos entender que no Sermão do Monte Jesus está apresentando o perfil do cidadão do Céu. Cristo está declarando a expectativa de Deus para o homem, afinal de contas é um Sermão pregado pelo próprio Deus. Jesus deixa claro que aquelas orientações não poderiam ser cumpridas por qualquer pessoa, aquele sermão foi pregado para pessoas que viveriam a vida de tal forma a seguirem seus próprios passos, ou seja as “boas árvores” (Luc. 6:34).

Percebemos, no verso em análise, que em nenhum momento Jesus está falando que o seus discipulos deveriam contribuir com a “obra de Deus” (não estou condenando a contribuição da Igreja só estou analisando este texto). Jesus não está falando do dízimo e ofertas, Ele está falando em ajudar os pobres, pois a partir do verso 27, Jesus está falando exclusivamente sobre os relacionamentos interpessoais, nos nos versículos 40 e 41 Ele chega a afirmar que os discipulos deveriam seguir seu exemplo de altruismo, pois, se Cristo é o mestre afinal, nós precisamos agir como ele agia.

Pastores como Silas Malafaia por exemplo, ensinam que devemos dar esperando o retorno, mas será que é isto que Jesus está falando? Se observarmos o verso 34, veremos Jesus condenando o fato de esperarmos qualquer retorno por parte das pessoas por nós favorecidas. Devemos dar por amor, e não pelo que iremos receber em troca. No entanto o Mestre prometeu que seremos recompensados com uma medida “sacudida e transbordante”. Mas se seremos recompensados quando isso acontecerá? A resposta é simples: Aqueles que fazem caridade para o necessitado receberão a recompensa no mesmo dia em que aquele que ama a justiça será farto dela (Mat. 5:6); no mesmo dia em que os limpos de coração verão a Deus (Mat. 5:8); no mesmo dia em que os que choram haverão de rir (Luc. 6:21); e no mesmo dia ainda que os que sofrem perseguição por causa do amor de Cristo receberão seu galardão (Luc. 6:23). Em nenhum momento do sermão é sugerido que receberemos qualquer coisa nesta vida.

Ser generoso para com o necessitado é um fruto produzido pela boa árvore (Luc. 6:44,45) se somos cristãos verdadeiros essa atitude brota naturalmente de nosso ser. Se esperarmos o retorno ao fazermos qualquer coisa não somos cristãos mas espíritas, pois estes fazem sempre aguardando a recompensa. Não podemos também fazer por medo de retaliação porque isso é espiritismo. Nós somos cristãos fazemos o que fazemos porque a Graça de Deus nos capacita a agir assim naturalmente.

Dessa forma ao aplicar as normas da exegese veremos que no próprio “Sermão do Monte” derrubamos a falácia dos pregadres da prosperidade. Se você teme a Deus, ama a justiça, é misericordioso, é generoso, e foi lavado no Sangue do Cordeiro, esteja certo: “Grande é o vosso galardão no Céu!”

A Jesus Cristo seja a Glória para Sempre!


Ví esse artigo no Semeando a Verdade, e como sou fã do Diogo, resolvi postar aqui.


***

sábado, 26 de fevereiro de 2011

CineReforma. Cartas para Deus




Sinopse: Cartas para Deus conta a história de um menino com câncer que se corresponde regularmente com Deus através de orações em forma de cartas. Inicialmente sem saber o que fazer com as cartas, o carteiro encarregado de entregar as cartas do menino doente decide fazer uma série de escolhas que vão mudar sua vida e ajudar o garoto a mudar a vida daqueles ao seu redor.Inspirado em uma história verdadeira, Cartas a Deus é uma íntima, tocante e muitas vezes engraçada história sobre o efeito da crença que uma criança pode ter em sua família, amigos e comunidade”, diz um dos promotores do filme.








***

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Links da Semana



















***


Pra Quem Gosta de Poesia

glitters






por Jerônimo Gueiros

O reverendo Jerônimo Gueiros foi um grande ministro presbiteriano e, indignado com a "festa de carne", resolveu tecer alguns comentários sobre o carnaval em forma de poesia. Confira:


"Carnaval! Empolgante Carnaval!
Festa vibrante! Festa colossal!

Festa de todos: de plebeus e nobres,
Que iguala, nas paixões, ricos e pobres.
Festa de esquecimento do passado,
De térreo paraíso simulado...

Falsa resposta à voz do coração
De quem não frui de Deus comunhão,
Festa da carne em gozo desbragado,
Festa pagã de um povo batizado,

Festa provinda de nações latinas
Que se afastaram das lições divinas.
Ressurreição das velhas bacanais,
Das torpes lupercais, das saturnais

Reino de Momo, de comédias cheio,
De excessos em canções e revolteio,
De esgares, de licença e hilaridade,
De instintos animais em liberdade!

Festa que encerra o culto sedutor
De Vênus impúdica em seu fulgor.
Festa malsã, de Cristo a negação,
Do "Dia do Senhor" profanação.

Carnaval!Estonteante Carnaval!
Desenvoltura quase universal!

Loucura coletiva e transitória,
Deixa do prazer lembrança inglória,
Festa querida, do caminho largo,
De início doce, mas de fim amargo...

Festa de baile e vinho capitoso,
Que morde como ofídio venenoso,
Que tira do homem sério o nobre porte,
E gera o vício, o crime, a dor e a morte.

Carnaval!Vitando Carnaval!
Festa sem Deus! Repúdio da moral!
Festa de intemperança e gasto insano!
Trégua assombrosa do pudor humano,

Que solta a humana besta no seu pasto:
O sensualismo aberto mais nefasto!
Festas que volve às danças do selvagem
E do africano, em fúria, lembra a imagem,

Que confunde licença e liberdade
Nos aconchegos da promiscuidade
Sem lei, sem norma, sem qualquer medida,
Onde a incauta inocência é seduzida,

Onde a mulher, às vezes, perde o siso
E o cavalheiro austero o são juízo;
Onde formosas damas, pela ruas,
Exibem, saltitando, as formas suas,

E no passo convulso e bamboleante,
Em requebros de dança extravagante,
Ouvem, no "frevo" , as chufas e os ditados
Picantes, de homens quase alucinados,

De foliões audazes, perigosos,
Alguns embriagados, furiosos!
Muitos, tirando a máscara, em tais dias,
Revelam, nessas loucas alegrias,

A vida que levaram mascarados
Com a máscara dos homens recatados...
Carnaval!Perigoso Carnaval!
Que grande festa e que tremendo mal!

Brasil gigante, atenção! Atenção!
O Carnaval é festa de pagão!
Repele-o! Que te traz só dor e morte!
Repele-o! E inspira em Deus a tua sorte."


***

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Lista dos Deputados Evangélicos que Votaram Contra Salario Mínimo Mais Justo!



Por Hermes C. Fernandes




"Aquele, pois, que sabe o bem que deve fazer e não o faz comete pecado." Tiago 4:17



"Até quando defendereis os injustos, e tomareis partido ao lado dos ímpios? Defendei a causa do fraco e do órfão; protegei os direitos do pobre e do oprimido. Livrai o fraco e o necessitado; tirai-os das mãos dos ímpios. Eles nada sabem, e nada entendem. Andam em trevas." Salmos 82:2-5a



Abaixo segue a lista com os nomes dos parlamentares evangélicos (uhm?) que preferiram ser fiéis à orientação partidária, a serem fiéis aos princípios de justiça preconizados no Evangelho de Jesus. Votaram CONTRA um salário mais digno para o trabalhador brasileiro. A questão é: eles são cristãos, cristãos-deputados, ou meros deputados? Porque se forem cristãos deputados, devem mais lealdade a Cristo e ao povo do que ao partido. O partido lhes deu a legenda, mas foi o povo que lhes confiou o voto.


Eis a lista:

1. Anderson Ferreira
2. André Zacharow
3. Aguinaldo Ribeiro
4. Antonio Bulhões
5. Anthony Garotinho
6. Antônia Lúcia
7. Aureo
8. Benedita da Silva
9. Cleber Verde
10. Dr. Grilo
11. Edinho Araújo
12. Edmar Arruda
13. Edivaldo Holanda Junior
14. Eduardo Cunha
15. Erivelton Santana
16. Fátima Pelaes
17. Filipe Pereira
18. George Hilton
19. Heleno Silva
20. Íris de Araújo
21. Jefferson Campos
22. Jhonatan de Jesus
23. Josué Bengtson
24. Laercio Oliveira
25. Lauriete
26. Leonardo Quintão
27. Liliam Sá
28. Lincoln Portela
29. Lourival Mendes
30. Manato
31. Marcelo Aguiar
32. Mário de Oliveira
33. Márcio Marinho
34. Missionário José Olimpio
35. Neilton Mulim
36. Nilton Capixaba
37. Otoniel Lima
38. Oziel Oliveira
39. Pastor Eurico
40. Pastor Marco Feliciano
41. Paulo Freire
42. Professor Setimo
43. Ronaldo Fonseca
44. Ronaldo Nogueira
45. Sérgio Brito
46. Sueli Vidigal
47. Silas Câmara
48. Sabino Castelo Branco
49. Hidekazu Tayama
50. Vitor Paulo
51. Walter Tosta
52. Walney Rocha
53. Washington Reis
54. Zé Vieira
55. Zequinha Marinho


Para sermos justos, oferecemos também a seguir a lista dos parlamentares evangélicos cujos votos foram favoráveis à emenda que concedia o aumento maior oferecido pelo governo.

Andreia Zito
Arolde de Oliveira
Bruna Furlan
Fernando Francischini 
Henrique Afonso 
João Campos
Jorge Tadeu Mudalen
Onyx Lorenzon
Romero Rodrigues
Ruy Carneiro
Vaz de Lima


"Ais dos que decretam leis injustas, e dos escrivães que escrevem perversidades, para privar da justiça os pobres." Isaías 10:1

"Os teus príncipes são rebeldes, companheiros de ladrões; cada um deles ama o suborno, e corre atrás de presentes." Isaías 1:23a


Desta vez prefiro não fazer comentários e deixar que a Bíblia fale por si. Se é que esses homens ainda têm algum temor a Deus e reverência à Sua Palavra...Desculpem-me pelo tom, mas estou revoltado com esta bancada evangélica (ou seria cambada evangélida?) Nojo!

postado originalmente em Genizah Virtual



***

A História Proibida




Ví essa série de vídeos no Youtube, que coloca em "xeque" toda a tradição acadêmica sobre dinossauros e homens. Muito interessante.


Se você é evolucionista, prepare-se para ter suas bases abaladas, seu chão tirado de você!


Veja os vídeos

































***

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Escala do Universo Conhecido



Fuçando vídeos no Youtube, achei esse aqui, que mostra até onde o homem conseguiu enchergar ou captar no universo. É impressionante! Eu chorei, e glorifiquei a Deus.


Veja o vídeo








***

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Anderson Silva e Vítor Belfort: cristianismo autêntico




Semana passada, o UFC 126 tomou proporções incríveis, principalmente nas redes sociais, porque se tratava de um duelo entre dois brasileiros que um dia treinaram juntos: Anderson Silva (o "Aranha") e Vítor Belfort (The Phenom), sendo este o desafiante da noite ao cinturão dos pesos médios. Na madrugada de sábado para domingo, milhões de pessoas em todo o mundo acompanharam aquela que foi chamada de "a luta do século". E tomar partido entre um e outro estava difícil até a entrevista coletiva e a pesagem, quando o Anderson mostrou uma petulância que lhe fez merecedor de todas as vaias recebidas na entrada do octógono.

Pronto, agora ficara fácil torcer. Vitor Belfort, após a sua conversão, tem sustentado um bom testemunho e, após o trauma familiar vivido anos atrás, seria perfeitamente justo ele ser coroado com a tão pregada "dupla honra" ou "a glória da segunda casa" ou "ser posto como cabeça". Enfim, torcida e oração se misturaram com naturalidade; ele estava se preparando à exaustão. Por certo, Deus o honraria! Até porque a conquista do cinturão seria para a glória de Deus e uma oportunidade única de falar do seu amor para todo o planeta! Enfim, tudo caminhava para um final feliz, até que... um chute frontal de Anderson Silva fez Belfort quase perder os sentidos e consequentemente a luta.

Talvez você se pergunte o que isto tem a ver com nossas vidas e com a fé que dizemos professar. Tem que uma certa pregação perigosa faz um novo convertido compreender que "estar na igreja é se dar bem". Mesmo quem isso não prega, acaba confirmando essa idéia quando chega a nível de incentivo e diz: ó, Deus tá nesse negócio, hein varão! Ó, grande será a tua vitória! Ó, vejo Deus abrindo uma porta! Ora, ora, se Deus não mandou dizer, não diga nada ou seja sincero, pois, torcer por alguém não é pecado nem coisa de nova era. Bem melhor que criar a falsa expectativa de que uma intervenção divina poderá mudar as coisas ou que se ELE tiver que intervir será a seu favor, é claro, pois você é crente...

Não sei qual é a opção religiosa do Anderson Silva, mas, não pode ser por um acaso que alguém ganha 12 lutas consecutivas sendo 8 delas defesa de cinturão. O cara assiste metodicamente todas as lutas de seus desafiantes e possíveis adversários diariamente. Isso nos deixa claro que Deus não fará por você o que você tem que fazer só pelo fato de você ser crente. Nem pense em melhorar suas finanças contando com uma "mudança de sorte" sem fazer por onde. Todos já somos abençoados em Cristo Jesus, logo, façamos a nossa parte sem ficar numa espécie de espiritualidade mística.

Acredito que o futuro reserva grandes vitórias a Belfort e isso não pelo fato de ser um homem de Deus, mas, porque é persistente e sabe o que é superação (nem me venha com aquele papinho de que ele não venceu porque Deus sabia que ele não estava preparado para a benção e tal... como se o esforço do Anderson de nada servisse, vejam só!). A questão é que mesmo espiritualmente sendo mais do que vencedor ele terá que conviver para sempre com esta derrota. E não foi qualquer derrota. Foi uma derrota acachapante. Daquelas que serão lembradas para sempre.

Assim é o cristianismo autêntico.

Permaneçamos firmes!







postado originalmente em: http://ministeriobbereia.blogspot.com/2011/02/anderson-silva-e-vitor-belfort.html



***

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Pecador Mega Arrependido




Foi fazer um carinho e degolou o passarinho:







"Ai meu Deus!"
"Alguém me ajuda!"
"Eu fui fazer carinho a última vez e... cof cof cof..."
"Meu Deus, o que aconteceu comigo?!"
"Deus, você póde até me mandar pu inferno!"
"Eu não mereço Deus, ... eu não mereço, eu não mereço..."
"Deus, Deus, Deus... o que eu faço, Deus???"

Hehehe

GENTE! Esse aê se arrependeu mesmo do seu pecado, einh.



Falando sério: não foi à toa que Cristo afirmou que, necessário é ser como uma criança para entrar no Reino de Deus. Viram a expressão de pavor no rosto dele por ter, talvez, feito algo que desagradace ao Senhor?

Ah, quem me dera ser como essa criança, tão sinceramente arrependida de suas falhas.


Vejo essas coisas e me envergonho de minha hipocrisia!