CineReforma - Em Defesa de Cristo

CineReforma - Em Defesa de Cristo

sábado, 14 de abril de 2012

Conto Sobre Anjos e Diabos



por Zé Luis


Quem me contou, ouviu de uma colega de serviço, que não explicou se leu ou ouviu de um pastor, recitando algum pensador daqueles que nos dão ar de cultos quando citamos seu nome:


Em um grande descampado, um homem permanecia sentado em cima de um muro, com as pernas esticadas, como que cavalga um cavalo.


De um lado haviam muitos anjos, opostamente ao outro, empesteado de capetas de todos os tamanhos e odores. Quem passava ali, podia ver que os anjos clamavam ao homem, para que viesse para o lado deles:


-Venha! Viva conosco! Aqui há proteção...descanso! Aí é muito perigoso...


E seguiam chamando e chamando. Curiosamente, os diabos estavam indiferentes a tudo aquilo, e nem se importavam com o trabalho angelical: nenhum dizia absolutamente nada ao homem, era como se não houvesse necessidade de trazê-lo para o lado do inferno.


Nossa história é concluída com a pergunta curiosa de um transeunte sobre aquela situação, que fala aos diabos, que jogam despreocupados uma partida de truco, ao lado do homem pendurado:


-Por que vocês não chamam o homem para ficar do lado de vocês, capetas?


No que, o que respondeu sibilou num malicioso sorriso:


-Mas aquele que está em cima do muro já está do nosso lado...


Escreveu Zé Luis, no Genizah.








***

Nenhum comentário:

Postar um comentário