CineReforma - Em Defesa de Cristo

CineReforma - Em Defesa de Cristo

sábado, 19 de maio de 2012

Dilma Rousseff Receberá “pedido de perdão” de Aliado Político por “tortura”


por Julio Severo


Dilma é uma ex-guerrilheira marxista que passou três anos na prisão durante o governo militar e foi, pelo que se alega, “torturada”. Ela participou das atividades militantes das organizações marxistas Colina e Val-Palmares. O papel de Dilma nessas organizações tem sido obscuro, mas ela havia sido apelidada de “papa da subversão”. Colina e Val-Palmares estavam envolvidas em ataques armados, sequestros e assaltos a bancos. 

Dilma receberá as desculpas do governador do Rio Sérgio Cabral, forte aliado político do governo petista, em 4 de junho pela prisão e tortura que ela sofreu no estado. Dilma também receberá 20.000 reais. 

No começo desta semana, Dilma empossou os sete membros da comissão da verdade, criada para investigar “abusos de direitos humanos” sob o governo militar. A comissão investigará alegados abusos cometidos apenas pelas forças armadas do Brasil contra militantes esquerdistas armados. Nenhuma investigação tem sido incluída sobre vítimas civis e militares assassinadas por grupos esquerdistas. Militantes marxistas vinham lutando, desde a década de 1930, para derrubar o governo do Brasil e instalar um governo ao estilo da União Soviética. 

Um estudo elaborado pelo governo de Dilma concluiu no ano passado que 475 militantes foram mortos ou “desapareceram” em ações atribuídas ao governo militar. Parentes desses militantes já vêm recebendo indenizações multimilionárias desde o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, um ex-professor de marxismo, ao passo que vítimas civis e militares de grupos marxistas sempre ficaram no abandono com relação a indenizações e pedidos de perdão. 

Com informações da Associated Press.


Vi isso no blog no Julio Severo
 

ganhar dinheiro



***

Nenhum comentário:

Postar um comentário